quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Tempo de Memória



Eu tenho sete dias na semana. Ela tem renda e prosa. Eu tenho lembranças de um tempo esquecido. Ela tem caprichos. Eu tenho anseios de agora. Ela tem segredos de outrora. Eu fui feita a máquina. Ela foi feita a mão. Eu tenho liberdade. Ela tem sensibilidade. Eu tenho duvidas. Ela tem vivência.
Ela, essa tal felicidade… que é perseguida incessantemente, está nas pequenas coisas do dia-dia feminino que virou memória; memória que desejava chegar, memória que deseja agora voltar. Entre linhas, agulhas, metais e outros materiais foi possível voltar ao passado, imaginar o cotidiano de mulheres comuns que sonhavam em conquistar e querer um futuro regresso.

Chiara Lenci Viscomi
São Paulo – SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário