segunda-feira, 16 de abril de 2012

Na Roça com Militão

Bordando os Sete... A escolha de Militão dos Santos veio ao encontro da admiração que tenho pela pintura naïf e por sua obra, que representa tão belamente nosso povo e seus hábitos e manifestações tradicionais populares.
Foi difícil decidir por apenas uma obra para bordar. A opção por Voltando da Roça ocorreu por me remeter ao sertão, seu povo e paisagem tão peculiar de que tanto gosto. E assim comecei o bordado...  À medida que o trabalho acontecia vinham na lembrança os bons momentos e conversas junto à Militão e sua família – que tive o privilégio de conhecer em minhas férias deste ano –, o contato com as obras prontas e as que estavam sendo criadas e pensava: “Quanta responsabilidade eu tenho aqui”.
Aos poucos o trabalho foi se constituindo. Surgiram paisagens e personagens e comecei a interagir com eles dando-lhes nomes e criando-lhes uma história. Uma história contada por agulha e linhas e que chegou ao fim. O fim de um trabalho e o começo de um sonho. Sonho de bordar outra obra de Militão. ANA SILVIA LOUREIRO - 02/04/2012 

6 comentários:

  1. Ana Silvia, a experiência de ter conhecido o autor da obra deve ter sido única, mas diria que vc se saiu maravilhosamente bem em reproduzi-la no bordado. Que venham outros trabalhos, nós certamente vamos agradecer! LUCIANA BRAVO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luciana, realmente foi uma experiência marcante ter conhecido Militão...agradeço muito seu elogio e seu estímulo para a realização de novos trabalhos!!! Um forte abraço! Ana Silvia

      Excluir
  2. Imagino mesmo a responsa, depois de conhecer o Militão! Que experiência maravilhosa! E como é bom poder ver, em magnífica mistura de linhas e cores (e agora em letrinhas - rsrs), o quanto o bordar modifica e enriquece a sua vida - e a de todas as bordadeiras!

    ResponderExcluir
  3. Fulvia, vc disse tudo!!! O enriquecimento interior após um trabalho deste é surpreendente!A nossa vida agradece... Um bjo. Ana Silvia

    ResponderExcluir
  4. Conheci a pessoalmente quando em visita ao meu ateliê. Pela delicadeza do seu bordado, criatividade, inovação e detalhes incríveis, a artista revela estar em perfeita sintonia com o belo. Concebido com graça, singeleza e materializado com mãos mágicas.

    Militão dos Santos.

    ResponderExcluir
  5. Caro Militão,
    quanta honra receber seu depoimento, o qual me invade de uma gratidão e felicidade sem igual!!!
    Conhecê-lo pessoalmente, ver de perto suas obras e poder ouvir sobre seu processo de criação foi uma oportunidade inesquecível... e o resultado desse bordado reflete o que essa experiência mobilizou dentro de mim.
    Sou muito grata por ter me recebido em seu atelier e desejo poder visitá-lo novamente para conviver um pouco mais com sua pessoa e apreciar suas pinturas que me deixam num estado de espírito tão alegre!!!
    Um abraço afetuoso,
    Ana Silvia

    ResponderExcluir